How to forgive

  • versão em português no final do texto em inglês. imagem perdão

Another year is getting to an end, and a new one is about to begin. It is time to make our new year´s resolutions. Therefore, we need to open ourselves for new opportunities and possibilities and, literally, get rid of what does not fit our soul anymore.

In other words, there is no better time for forgiveness. In order to make new good possibilities to take place in our lives, we must clean our soul from harmful feelings, regardless of whether they are directed to ourselves or third parties.

In order to allow yourself to forgive, you shall, at first, know that you do not forgive someone in order to let them free, instead, you forgive in order to free yourself from harmful feelings that, ultimately, would make you sick. Nobody has the power to free anyone, do not delude yourself into thinking you can do that, for you can only free yourself.

If you realize that, it will be half way to allow yourself to forgive anyone who has hurt you. It is a gift to you!

Also, you do not forgive what has been said or done, but, instead, who has said or done something against you. That is: you forgive a person, not an attitude. It may seem obvious, but it makes a huge difference to acknowledge that, for you will realize that, by forgiving, you’ll not allow that person to hurt you again, you’ll only be saying that you do not keep bad feelings inside you.

This means that, by forgiving, you won’t, necessarily, trust the person again; you’ll solely replace harmful feelings by joyful and peaceful ones. If you deem that someone deserves a second trust chance, that is up to you, but that does not mean you will allow such person to hurt you again.

And, above all, allow yourself to forgive yourself from whatever guilt you may feel. Guilt is a useless feeling that prevents you from taking any action towards improvement. You may feel sorry for your mistakes and learn from them, but never dive your soul into guilt. Forgive yourself and show yourself some compassion, for that will make it possible to you to show the same compassion towards others. One who does not forgive himself will not forgive others and that is how intolerance is built.

I hope that with the tips above, those of you who face difficulties regarding forgiveness find a way to free your souls and begin 2018 with more peaceful and joyful feelings that will make your lives softer and more pleasant.

Happy New Year for you!

 

VERSÃO PORTUGUÊS

Mais um ano está chegando ao fim, enquanto outro se inicia. É nesse momento que fazemos nossas resoluções de ano novo e, para tanto, é necessário liberar nosso interior de sentimentos nocivos, a fim de que novas e boas oportunidades e sentimentos tomem seu lugar, tocando nossa vida para frente.

Portanto, esse é o momento propício para trabalharmos o perdão.

Primeiramente, devemos saber que o perdão não se destina a liberar nosso ofensor, mas a liberar nossa alma de rancores e amarguras que nos fazem tão mal, que podem até desencadear uma doença. Ninguém tem o poder de liberar os outros de qualquer culpa, podemos apenas libertar nossas almas de sentimentos tóxicos.

Outro ponto diz respeito ao objeto do perdão: perdoamos a pessoa e não suas palavras ou atos. Pode parecer banal, mas essa diferença é de extrema importância, pois indica que, ao perdoar, não estamos dando permissão ao outro de repetir seus erros, mas apenas liberando nosso coração de maus sentimentos. Igualmente, perdoar não significa, necessariamente, voltar a confiar (pode ou não ser assim, depende do que a sua intuição lhe diz). Ter essa noção facilita a que nos permitamos perdoar o outro.

Por fim, precisamos, antes de mais nada, perdoar a nós mesmos, livrando-nos da culpa, a qual é um sentimento inútil, que nos paralisa, impedindo que trabalhemos para sermos pessoas melhores. Arrependimento é uma coisa, culpa é outra. O arrependimento pode nos levar a um lugar de aprendizado e evitar que repitamos erros, já a culpa nos bloqueia e enche nossa alma de rancor contra nós mesmos. Devemos nos livrar dela. Tenhamos amor próprio e compaixão conosco, pois somente assim poderemos ter compaixão com os outros e alcançar o lugar do perdão e, consequentemente, sermos livres.

Nesse 2018, vamos perdoar e liberar espaço para sentimentos alegres e de paz, os quais nos permitirão ter uma vida leve e mais próspera e abundante.

Espero que este texto tenha ajudado aqueles que têm dificuldade em perdoar a si mesmo e os outros e que seja uma gota de paz em suas vidas.

Feliz Ano Novo a todos!