Dia Internacional da Mulher: onde mora o feminino?

moon-1560232_640

 

Hoje, dia 8 de março, é comemorado o dia internacional da mulher. A data vem tomando mais vulto conforme o preconceito e a violência enfrentada pelas mulheres ao longo da história vem se descortinando através do grito feminino por liberdade, liberdade de ser.

Nem poderia ser diferente, em um céu onde Júpiter, planeta da expansão e da liberdade está habitando Escorpião, signo da violência, do sexo, do domínio, mas também da transmutação disso tudo na compreensão da natureza psicológica humana mais profunda. E Júpiter, também associado à mente superior, que compreende a si mesma e atribui significados e propósitos à vida, por meio da autoavaliação, contribui para essa transmutação.

Saturno em conjunção com Plutão em Capricórnio, por sua vez, requer a maior seriedade possível no tratamento das questões acima narradas, já que Plutão rege todas elas e, no signo de Capricórnio, combinado com esse Júpiter em Escorpião, alerta que haverá muito trabalho pela frente e que será preciso unir responsabilidade, seriedade e pragmatismo à empatia no trato dessa questão. Capricórnio é uma cabra com rabo de peixe e esse rabo lembra que trabalho e pragmatismo sem empatia levam a mais domínio e sujeição.

Pois bem. Esclarecido o céu do momento sob o ponto de vista social, como podemos lidar com o tema do feminino de maneira realmente produtiva e libertadora?

É simples, buscando o equilíbrio.

O arquétipo feminino vem sendo ligado ao longo de toda a história da mitologia, da Astrologia, contos de fadas e psicologia à parte da natureza humana que dá à luz (gesta uma vida); que nutre e cuida; que tem sensibilidade; que enfrenta as vulnerabilidades com acolhimento; que encontra na compaixão a força para enfrentar dias difíceis, pois acolhe a sua própria dor e a do outro, buscando soluções não violentas; que, pela memória, preserva valores de afeto e relações fundamentais à sobrevivência da espécie humana (recorde-se que a ciência já comprovou que o afeto é o ingrediente principal para a conexão dos neurônios na primeira infância). O arquétipo feminino encontra no céu sua simbologia por meio da Lua, satélite sem o qual a vida na Terra não seria possível, pois é a Lua quem regula as marés e os ciclos da terra a ser arada (e da fertilidade feminina e da bolsa de valores!).

Por sua vez, o arquétipo masculino, associado ao Sol, vem sendo relacionado à razão, à força, à assertividade, à vontade e à construção da individualidade. Está associado a uma força de vontade que luta para sobreviver de maneira mais impositiva.

Note-se que a palavra utilizada para descrever as características que comumente atribuímos às mulheres ou aos homens foi “arquétipo”, isto é, parte da natureza HUMANA, que sempre existiu e sempre existirá e que, sendo humana, integra a psiquê de cada um de nós, homens ou mulheres. O que se dá é que, por questões sociais, cada gênero acabou tendo permissão para desenvolver mais um dos lados do que o outro, gerando desequilíbrio interno e, por via de consequência, social também.

Assim é que, numa sociedade onde atribuiu-se valor apenas ao arquétipo masculino, o soterramento psicológico das características do arquétipo feminino levaram à intolerância, ao preconceito, ao ódio e à violência. Não à toa, boa parte das pessoas sonha em largar a vida corporativa, na qual praticamente há espaço apenas para a manifestação do arquétipo masculino, o que gera desequilíbrio e irritação generalizada nas pessoas, bem como stress e depressão.

Vejam, se fosse o contrário, isto é, se houvéssemos soterrado o arquétipo masculino, teríamos consequências similares, pois a negação de um dos lados da natureza humana provoca desequilíbrio e insatisfação interna que, acumulada, gera raiva e violência da mesma forma.

A solução do problema não está em pesar numa balança os arquétipos masculino ou feminino e ver qual tem maior importância, mas em equilibrar ambos dentro de cada um de nós, para que nossas palavras e ações no mundo reflitam esse equilíbrio e, passo a passo, com toda a paciência feminina, possam desconstruir essa lógica da violência.

Toda guerra, todo conflito começa dentro de nossas mentes antes de atingir uma magnitude social. É tempo de trazer à tona essa energia contida feminina dentro de cada um de nós e nos enxergarmos como seres humanos nus e vulneráveis que somos, mas que, pelo exercício da empatia, da paciência, da compaixão, somos extremamente fortes, pois conseguimos agir no mundo de forma consciente, racional, assertiva, criativa, mas olhando sempre ao redor, para que os benefícios sejam para todos, sob a lógica do cuidado com o outro.

É essa integridade interna que precisa ser buscada, a fim de que o preconceito e a violência contra a mulher acabem. É elevar o arquétipo feminino à categoria de qualidade e não mais de defeito, integrando-o com o arquétipo masculino, pois são complementares. O desequilíbrio afeta a nossa perpetuação como espécie, gera violência e limita a liberdade de todos nós, destrói nosso habitat e tira a paz de nossos lares.

Que tal buscarmos a integração Yin e Yan; feminino/masculino dentro de cada um de nós, para que a paz que buscamos possa vir? Ela é um mero reflexo de uma guerra interna, de uma conotação negativa do arquétipo feminino.

Não nos esqueçamos, todos viemos do ventre feminino, tivemos que ser nutridos e amados e isso foi fundamental para a formação de nossa consciência/princípio solar masculino (lembram que a conexão neural depende do afeto?). Afinal, na Astrologia Câncer (signo associado à Lua e ao feminino) vem antes de Leão (signo associado ao Sol e ao masculino), mas ambos são necessários para que cheguemos em Libra: relações sociais e justiça. Chega de guerra dos sexos, é tudo uma questão de integração, de unidade e de equilíbrio interior.

 

Lua Nova de Leão

eclipse-3

 

Caros leitores,

Hoje, 02/08/2016, temos a Lua Nova em Leão. Trata-se de uma lua bem aspectada, trazendo bons começos e muita vitalidade.

 

Aqui, pretendo fazer um breve relato das condições celestes dessa Lua Nova e como tais condições afetam a sociedade como um todo e cada signo.

Previsões para a sociedade:

A Lua Nova de Leão é uma Lua em harmonia no céu. Indica uma fase de ação, iniciativa, generosidade.

É um bom momento para reavaliar como anda o seu amor próprio, o quanto você tem se respeitado e respeitado os outros.

E, no domínio do rei da selva, sempre temos o egoísmo emocional, a criança mimada de cada um. Portanto, vamos alimentar o lado positivo descrito acima dessa lua e não seu lado sombrio.

 

Essa lua favorece a reavaliação das relações com autoridades e com o pai, bem como a análise sincera do quanto estamos prontos para a nossa independência e o quanto ainda dependemos de aplauso externo e vivemos para atender o que entendemos que os outros querem/vão admirar ao invés de vivermos para a nossa realização pessoal e desenvolvimento de honra e dignidade.

Essa lua pede nobreza de sentimentos e maturidade nas emoções, portanto, vamos nos olhar com sinceridade e crescer nesse sentido?

Previsões para cada signo:

Áries: bom momento para viagens internacionais, planejar aquela pós graduação e reavaliar as suas filosofias e crenças de vida, será que não são autoritárias? Vamos parar de ser donos da verdade e aprender a liderar ouvindo os outros e nos abrindo generosamente a novas ideias?

Touro: bom momento para investir na carreira e reavaliar a sua relação com superiores hierárquicos. Quem quer dominar quem? Há muito orgulho nessa relação? Hora de transformar isso em generosa colaboração leonina que essa lua pede.

Gêmeos: que tal sair com os amigos, participar de cursos e atividades em grupo? O momento lhe favorece para tanto, bem como para fazer um planejamento de suas metas próximas/curto prazo. Vamos parar de atirar pra todo lado e colocar disciplina leonina nesse setor da vida?

Câncer: momento de introspecção, de avaliar suas carências e perceber o quanto elas derivam de orgulho. Será mesmo que você está sendo menosprezado ou espera atenção demais? A vida lhe chama para mais segurança interna e sinceridade consigo mesmo. Seja generoso com você, descanse, permita-se cuidar de si. Medite sobre seus sentimentos mais profundos e veja onde você ainda é um adolescente. Hora de trabalhar o medo da solidão.

Leão: vamos mostrar esse rosto na rua, trabalhar na sua melhor versão, dar um tapa na peruca? O momento favorece a sua imagem pessoal e a forma de se relacionar. Hora de reavaliar se você não está sendo muito imperativo em suas relações ou muito egoísta. Com generosidade e calor humano você receberá a admiração que procura. Boa vitalidade.

Virgem: momento de desejo de comprar, segure-se! Permita-se um pequeno mimo, mas não gaste como um leão. Reavalie as suas prioridades e valores, não está na hora de trabalhar para que eles se realizem? Cuidado com a vontade de comer muito.

Libra: hora de curtir seus irmãos ou fazer as pazes com eles. Bom para viagens curtas e cursos rápidos. Já pensou em iniciar um grupo de leitura ou de qualquer outra atividade com pessoas próximas? E ler aquele livro que está esperando faz tempo? O momento favorece seu lado intelectual.

Escorpião: hora de resolver seus problemas familiares (se houver) e curtir seus pais. Boa semana para começar a planejar os meios para comprar a casa própria ou ir visitar imóveis caso já tenha condições de comprar. Vamos olhar o passado e os rancores com a sinceridade e coragem leoninas e repor o amor próprio de modo a superá-los?

Sagitário: as férias acabaram, mas o momento é bom para curtir os filhos e os prazeres da vida. Hora de planejar começar aquela atividade que você quer fazer só porque lhe dá alegria. Vamos colocar disciplina na diversão e levar esse lado da vida a sério?

Capricórnio: bom momento para relações com os pares no trabalho. Energia de realização no trabalho do dia a dia e hora de reavaliar a sua rotina. Onde está aquele espaço para você se curtir no seu dia a dia?

Aquário: momento bom nas sociedades e casamento. Vamos lidar com disciplina com esse lado da vida e procurar prestar mais atenção nas necessidades que seu sócio e cônjuge têm manifestado? Chega de ser desligado nesses assuntos, o leão te chama para dar calor nessa área.

Peixes: precisando de ajuda financeira? Quem sabe você não consegue esta semana. Hora de ser mais pé no chão em relação a assuntos financeiros, filosofias ocultas (chega de pagar charlatães), procure ser um rei que se autotutela nesses setores.

Lua Nova de Câncer

lua_nova6

Caros leitores,

Hoje 04/07/2016, temos a Lua nova de Câncer e, como toda Lua Nova, marca um bom momento para início de projetos, ao menos em tese. É sempre preciso ver quais os aspectos dessa Lua Nova no céu e no mapa de cada um para uma previsão mais acertada.

Aqui, pretendo fazer um breve relato das condições celestes dessa Lua Nova e como tais condições afetam a sociedade como um todo e cada signo.

Previsões para a sociedade:

A Lua Nova de Câncer é uma Lua em harmonia no céu. Indica uma fase de carinho, empatia, boa para momentos familiares.

Câncer já é um signo cardinal, de início, então esta é uma boa Lua para novos projetos, favorecendo, em especial aqueles ligados a culinária, bolsa de valores, família, filhos ou que envolvam qualquer tipo de cuidado com os outros.

Essa Lua também favorece mergulhos nas emoções mais profundas, sendo bastante propícia para início de tratamentos psicológicos em que se pretenda acessar emoções que não restaram bem trabalhadas. Sua conjunção com Mercúrio e Vênus auxilia na autoanálise e na capacidade de autoaceitação.

Seu bom aspecto com Netuno, se bem utilizado, favorece a intuição e esse trabalho de autoconhecimento e cura. Porém, se mal utilizado, pode representar uma fuga das próprias emoções, em atitude de autoengano de que as feridas foram curadas.

Essa Lua também vem bem aspectada por Júpiter, indicando nobreza nas emoções ou exacerbação dessas, ambas as tendências estão ativadas. Então vamos exacerbar a alegria, certo?

Por fim, sua oposição a Plutão pode indicar que, mesmo contra a própria vontade, aqueles que têm pendências emocionais que estão afetando sua estrutura psicológica podem acabar vendo esses sentimentos silenciosos virem à tona mesmo contra a sua vontade.

Previsões para cada signo:

Áries: ótimo momento para curtir com a família e pensar em novos projetos familiares. Se você possui traumas mal resolvidos, pode ser que os veja vir à tona contra a sua vontade e terá que lidar com eles de maneira responsável, corajosa e acolhedora. Boa hora para ir ao psicólogo, caso necessário.

Touro: bom momento para novos projetos envolvendo irmãos ou pequenos cursos e viagens rápidas. Favorece os estudos e a relação com vizinhos.

Gêmeos: bom momento para fazer um replanejamento financeiro com mais segurança e repensar seus valores e prioridades. Cuidado para não comer demais.

Câncer: essa lua favorece os tratamentos corporais em geral, podendo favorecer também a retenção de líquidos. Bom momento para fazer uma reanálise sobre si mesmo e sua maneira de se colocar no mundo, bem como trabalhar emoções da infância ainda não curadas.

Leão: essa lua favorece o trabalho espiritual, você pode sentir mais empatia pelos menos favorecidos e ter o desejo de fazer mais pelos outros, sendo possível acessar a sua capacidade não tão conhecida de auxílio desinteressado. Não abuse de bebidas alcoólicas, pois você pode sentir enjoo mais facilmente. Havendo a tendência, favorece atividade mediúnica e intuição em geral. Siga a sua intuição.

Virgem: bom momento para programar atividades com os amigos ou iniciar projetos com eles. Hora de reavaliar suas metas e a maneira como você se porta em grupos. Será que você exige demais de si e dos outros? Hora de pensar nisso com carinho.

Libra: ótima Lua para a carreira. Se o resto do mapa ratificar, uma boa oportunidade de trabalho pode aparecer ou mesmo uma promoção. É um bom momento para repensar como você lida com autoridades e fazer os ajustes necessários, para que sua carreira melhore e você consiga a projeção social que almeja.

Escorpião: você se deu bem, pois essa Lua lhe favorece no setor viagens longas (férias) e estamos bem em julho. Também pede que você reavalie sua relação com Deus e sua filosofia de vida, devendo ser sincero consigo mesmo sobre se ajustes nessa área são necessários, bem como pensar os motivos pelos quais você opta por ter essa ou aquela crença/filosofia.

Sagitário: se o resto de seu mapa confirmar, pode ser um bom momento para contrair financiamento (caso você precise de um) ou para cobrar dívidas. Também favorece os processos de herança em geral. Indica que sua intuição está mais aflorada.

Capricórnio: essa Lua lhe favorece no setor casamento e sociedade. Portanto, é uma boa hora para fazer novos planos com seu cônjuge ou companheiro e/ou com seu sócio. Também pede que você vá fundo na análise de como anda a sua postura nessas relações, onde você pode melhorar e amadurecer emocionalmente.

Aquário: as relações com colegas de trabalho estão mais calmas e a sensação de empatia é encontrada com mais facilidade. Bom momento para repensar sua rotina e dieta. Pode ser que você ache um bichinho abandonado na rua e passe a ter um novo amigo.

Peixes: você estará especialmente criativo, então, nada de preguiça, coloque suas ideias no papel e inicie aquele projeto criativo que estava esperando. Ótimo para fazer planos com os filhos e reavaliar sua relação com eles em profundidade. É possível que eles estejam mais carentes e você perceba o quanto a sua presença lhes é importante.

.

 

 

Capricórnio e seus defeitos

insegurança

Dando continuidade à série de artigos que trata dos signos e seus defeitos, passo a abordar Capricórnio.

Todos os signos têm em si defeitos e qualidades e depende do livre arbítrio do indivíduo qual dessas formas de manifestação vai predominar e em que intensidade. O mais comum é que ao longo da vida, conforme as circunstâncias forem dando ensejo, o indivíduo se depare com versões suas até então não reveladas.

Dito isso, passo a tratar de um dos principais defeitos de Capricórnio: o medo.

Capricórnio é o signo comumente associado ao trabalho, ao esforço, à persistência e à busca pelo status e valorização da tradição.

Contudo, o que a divulgação massificada da Astrologia não te conta é que esse signo também está associado ao medo. Mas medo de quê?

Medo do fracasso, da perda de uma boa imagem pública; medo de descer (ao invés de subir) degraus na escada da vida e da posição social/profissional. E, em uma análise mais aprofundada, Capricórnio teme a falta.

Talvez por saber como é difícil a conquista, quanto trabalho e esforço essa exige, Capricórnio teme a falta e, com isso, teme o futuro. Contudo, ter medo do futuro é ter medo da vida, pois essa apenas caminha para frente (e o signo seguinte a Capricórnio, Aquário, nos ensina isso).

É preciso que o capricorniano trabalhe dentro de si a fé na vida, a confiança em si mesmo e nos rumos da existência, a fim de que seus esforços e sacrifícios estejam hábeis a gerar todos os frutos possíveis.

Caso o capricorniano(a) se deixe levar por suas inseguranças, jamais arriscará um passo mais ousado e por vezes necessário, deixando de chegar ao topo de sua escalada.

É preciso que sua disciplina e precaução estejam acompanhadas da coragem e da certeza a fim de que o capricorniano possa ser tudo o que foi projetado para ser. Às vezes uma boa dose de Sagitário no mapa ajuda.

Previsões: Lua Nova de Peixes e Eclipse

eclipse-3

 

Amanhã teremos um eclipse total do Sol, isto é, a Lua encobre o Sol. Tal eclipse também marca a Lua Nova de Peixes (o que significa que isso ocorrerá no signo de Peixes). Os efeitos a seguir narrados desse eclipse são sentidos socialmente 3 dias antes e depois do eclipse, podendo os seus efeitos mais concretos, nesse caso específico desse eclipse, serem sentidos em junho.

Em virtude de desconhecimento técnico e tendo em conta a penumbra provocada por um eclipse, os antigos o associavam a eventos muito maléficos. No entanto, um eclipse não necessariamente é prenúncio de tragédias.

É, contudo, sinal de alerta. A Lua Nova que coincide com um eclipse pede pausa na tomada de decisões importantes e no fechamento de negócios. Pode, igualmente, indicar mal entendidos. Tudo isso se reforça se a tal Lua Nova que também causa o eclipse fizer maus aspectos com os demais planetas.

E esse é justamente o caso. No eclipse de amanhã, a Lua Nova faz oposição a Júpiter (planeta que simboliza a verdade, a ética e o exagero), potencializando as más tendências indicadas acima. Como o aspecto é negativo, estamos sujeitos a enfrentar situações em que pessoas mal intencionadas tentem nos enganar ou façam um teatro bem exagerado, visando à propagação de uma mentira. E, por ser no signo de Peixes, potencializa as ilusões, falsidades e emoções em geral (a falácia estará no teatro emotivo, isto é, na projeção de falsas tristezas, falsas ofensas, etc). Portanto, é bom evitar tomada de decisões amanhã e nos 3 dias subsequentes e desconfiar de qualquer um que se faça de coitadinho (pense antes de ajudar quem você não tem certeza que precisa).

Note-se que a Lua rege as bolsas de valores, razão pela qual pode haver ilusão quanto ao seu rumo nesse período. Não é uma boa época para investidores amadores.

Por outro lado, Peixes é o signo da fé, entendida como confiança na vida e no destino (certeza de que, no fim, tudo dá certo), e essa Lua Nova (potencializada pelo eclipse) indica que, por meio do desenvolvimento da fé (dessa injeção de certeza no desfecho favorável), será possível encontrar força para superar situações difíceis. E, tratando-se de Peixes, o canal da intuição estará aberto para ser utilizado com vistas à solução dos problemas enfrentados. Para verificar os perigos das mentiras, a razão não será suficiente, deveremos utilizar a intuição, ler os sinais de nosso corpo e estarmos muito cientes de que não existe nada milagroso, isto é, desconfie de “negócios da China”.

A mesma Lua também faz bom aspecto com Plutão, o planeta das transformações e o faxineiro do Zodíaco, que tira toda a sujeira escura dos cantos escondidos e traz tudo à tona, exigindo força para lidar com a verdade e com as consequentes mudanças advindas de sua revelação. Sendo o aspecto positivo, essa Lua indica que, se as ferramentas narradas no parágrafo precedente forem bem utilizadas, a bondade e a generosidade prevalecerão sobre as tentativas de terceiros de provocar enganos e discórdia. Ainda, esse aspecto indica mudança no rumo das coisas, considerando a sociedade como um todo. Mudanças essas dolorosas, mas necessárias e que, se bem processadas, resultarão em força coletiva.

É muito importante saber lidar bem com as mudanças desse período, pois elas marcarão um novo ciclo de 19 anos. Então, sejam sábios em suas decisões e tenham fé de que tudo acontece para um bem maior, e não sucumbam ao pessimismo, ao julgamento precipitado nem à ilusão. É preciso força, fé e capacidade de transmutação.

INTERPRETAÇÃO INDIVIDUAL DO ECLIPSE/LUA NOVA DE PEIXES

Sob a perspectiva individual, os efeitos detalhados desse céu descrito acima apenas poderão ser verificados mediante a análise do mapa astral de cada um, pois dependerão da casa do mapa (setor da vida) em que o eclipse ocorre (esse será o setor particularmente afetado).

Ainda, sob a perspectiva individual, os efeitos do eclipse perpetuam por 6 meses e, nesse caso específico, culminarão no mês de junho, devido à quadratura que a Lua Nova daquele mês fará com o eclipse de amanhã.

Como esse eclipse ocorre a 18º de Peixes, todos os nascidos com o Sol entre 13º e 23º de Peixes ou Virgem sentirão os efeitos mais intensamente, notadamente em sua vitalidade e na perda da vontade/ação diante dos acontecimentos imprevistos da vida. É como se o destino se impusesse a essas pessoas, com efeitos bem concretos em junho. A área da vida em que esse destino irá se impor depende do mapa de cada um.

De toda sorte, seguindo a técnica de previsões genéricas, é possível dizer que, ao menos um pouco, as seguintes áreas da vida dos seguintes signos serão afetadas por situações que fogem ao controle do indivíduo (mas essas previsões não indicam com precisão os efeitos do eclipse em cada um, pois isso, conforme exposto acima, depende do mapa pessoal de cada indivíduo):

Áries: destino que não se controla, inimigos ocultos, fé;

Touro: amizades, metas e trabalhos em grupo

Gêmeos: carreira, relação com pais e/ou chefes, projeção social, o destino sobre o qual se tem controle;

Câncer: viagens internacionais, processos judiciais, estudos acadêmicos e religiosidade;

Leão: composição de valores pessoais com os valores dos outros, heranças e inventários, afeta processos de divórcio em andamento (ou, dependendo do mapa pessoal, pode ensejar divórcio), empréstimos, noção de que somos todos vulneráveis;

Virgem: relações conjugais ou com amizades muito próximas e sócios, bem como traz o lado sombra do sujeito à tona;

Libra: trabalho diário, rotina, saúde, animais de estimação;

Escorpião: filhos, namoros, projetos criativos, lazer e jogos de azar;

Sagitário: relação com os pais, casa, fase mais introspectiva e gravidez para mulheres;

Capricórnio: estudos, comunicação, relação com irmãos e pequenas viagens;

Aquário: finanças pessoais, sistema de valores pessoal, problemas com alimentação;

Peixes: corpo físico, afeta como a pessoa se mostra aos outros e é vista por eles, identidade.

 

Em suma, como dizem por aí, é tempo para o lema: força, foco e fé!

Câncer: lar é onde a família está

Câncer

 

Uma vez que nosso último post foi sobre Capricórnio, chegou a hora de falarmos sobre o seu signo oposto, Câncer.

Se Capricórnio transita maravilhosamente bem no mundo da matéria, com toda a sua objetividade, praticidade e persistência, Câncer vive no mundo das emoções e dos sonhos. Um flui exatamente no território em que o outro patina.

Dissemos que Capricórnio tem que aprender com o seu lado sombra de Câncer a enfrentar suas emoções de frente e deixá-las fluir; Câncer, por sua vez, tem que aprender com o seu lado sombra de Capricórnio a ser mais objetivo e prático, sem perder muito tempo tentando trazer de volta o passado através dos incontáveis momentos de introspecção e idealização do tempo que já foi. Câncer deve aprender com Capricórnio a sair do ninho e buscar o próximo degrau, já Capricórnio, precisa aprender a se recordar de onde veio.

Juntamente com Peixes, Câncer é o signo mais sensível do Zodíaco. Regido pela Lua, esses nativos quase se afogam em suas emoções e seu calcanhar de aquiles é sua vida pessoal. Se essa vai bem, então o canceriano navega pela vida, conquistando grandes feitos, inclusive materiais. Porém, se a vida pessoal está desestabilizada, então eles se afogam em seu mar de emoções, prejudicando todas as demais áreas da vida.

Câncer precisa de colo, de aconchego, de ninho. Sua meta de vida é se manter unido com sua família de origem e criar a sua própria família junto ao parceiro escolhido e, de preferência, que as festas de Natal e demais festas familiares ocorram em sua casa, com toda a família extendida junto. Esse é o sonho do canceriano.

Seu símbolo é o caranguejo, que corre para a toca quando se vê ameaçado. Do mesmo modo, os cancerianos correm para casa em busca de acalento e para recompor suas energias. Há 2 maneiras de Câncer recompor as energias: em casa ou na água (cachoeira, mar ou rio) e, se puderem ter uma casa perto da água corrente, melhor ainda.

Cuidadoso, Câncer é o signo da maternidade por excelência. Esses nativos gostam de cuidar e esse poderia ser o verbo para descrevê-los se tivéssemos que fazê-lo em uma palavra apenas. Cuidam dos filhos e transformam as pessoas ao seu redor em filhos também.

Uma canceriana que dá aulas no mestrado de uma universidade vive recebendo em sua casa famílias de mestrandos vindos de fora do país, afinal, coitados, estão sozinhos, preciam de cuidados. Essa nativa de Câncer adora cuidar da maneira mais canceriana possível: oferecendo comida.

A relação dos cancerianos com a comida é de cuidado, para eles alimento não é combustível, mas a melhor maneira de demonstrar afeto. Sabe aquela máxima de que cozinhar é um gesto de amor? Deve ter sido criada por um canceriano.

Pessoas muito independentes incomodam os cancerianos, pois eles se sentem inúteis. É como se essas pessoas não precisassem de seus cuidados, o que os deixa tristes, magoados.

Como na sociedade ocidental capitalista a noção de cuidado está, hoje, intimamente atribuída ao provento financeiro (afinal, sem ele não há casa nem comida), muitos cancerianos se tornam excelentes provedores, pois isso significa cuidar. Muitas mães do signo de Câncer que vivem em sociedades com essa cultura sacrificam sua necessidade emotiva de dar colo e abrigo sentimental aos filhos para trabalharem horas e horas a fio em busca do sustento, que lhes trará conforto e segurança. Para quem leu sobre Touro, falamos que esse signo sabe fazer dinheiro. Pois Câncer sabe cuidar do dinheiro. Metaforicamente, pode-se dizer que o taurino é o banqueiro e o canceriano o diretor do banco.

Assim como Capricórnio, Câncer precisa de segurança e aqui estamos falando da segurança em prover o que a família precisa. Por isso, se a cultura que impera for a do dinheiro, eles irão atrás disso com toda tenacidade. Todavia, sentirão uma tristeza secreta por não poder estar em casa dando colo e, no caso das mães, peito aos seus filhos. Mulheres de Câncer, ascendente em Câncer ou lua nesse signo se sentem plenas amamentando (a não ser que no mapa haja uma influência muito forte de signos mais frios e impessoais).

Falando em tenacidade, está aí outra característica desses nativos. Tal qual o carangueijo que não abre suas pinças quando elas se prendem à presa, os cancerianos se apegam às pessoas, coisas e sentimentos. Isso pode levá-los a se tornarem acumuladores, doentes de tristeza ou a permanecerem em relacionamentos por apego ou busca de segurança mesmo quando o romance já se foi há tempos.

Cancerianos precisam aprender a não se apegar a sentimentos, especialmente os ruins, bem como a serem mais práticos com os seus pertences, sob pena de acumularem inúmeros objeto aos quais atribuem valor sentimental, mas que apenas ocupam espaço e geram poeira, deixando um eventual capricorniano ou virginiano que esteja por perto louco da vida.

Sua caudalosa emotividade lhes faz chorar com facilidade, seja de tristeza, alegria ou por qualquer motivo. E isso é bom, pois suas emoções e sentimentos precisam fluir para não intoxicá-los.

Se suas emoções não forem bem trabalhadas ou se o canceriano migrar totalmente para o reino de Capricórnio em busca de proventos para a família e, com isso, deixar de dedicar tempo suficiente ao convívio familiar/afetivo, provavelmente desenvolverá problemas no estômago, tendo que se submeter a dietas de muita restrição. As mulheres precisam prestar atenção aos ovários, útero e seios, pois, quando acometidas por doenças, juntamente com o estômago, esses são os órgãos mais frágeis. A tendência a acumular líquidos também pode estar presente na maioria dos nativos desse signo. Ainda, esses apontamentos sobre saúde se aplicam àquelas pessoas com o ascendente ou a lua em Câncer ou que tenham este signo na cúspide (início) da Casa VI de seu mapa natal.

Como são regidos pela Lua, que possui 4 fases, seu humor também varia tanto quanto as fases da lua e, por isso, levam fama de rabugentos e temperamentais. Mas não são instáveis, são cíclicos. Por isso, algo que hoje soa convidativo ao canceriano, uma semana depois pode ser detestável.

Precisam aprender a viver mais no presente e planejar o futuro, pois têm uma forte tendência a ficar horas rememorando o passado sempre que o presente lhes é duro, o que lhes faz perder muito tempo na vida. Sua memória emotiva é singular.

As decisões do canceriano sempre são tomadas com base na inteligência emocional, muito mais do que na intelectual. Por isso, a conviência com pessoas de signo de ar (Gêmeos, Libra ou Aquário) pode ser conflituosa.

Sua ligação com o passado lhes traz amor pela história, arqueologia e arquitetura (em relação a essa última, mais como observador do que como profissão). Se o canceriano for viajar para uma cidade que tenha prédios históricos, ficará horas admirando sua arquitetura e imaginando como deveria ser linda e boa a vida ali séculos atrás…

Esses nativos gostam de relacionamentos íntimos, precisando deles para sua estabilidade como indivíduos. Quando em uma relação íntima (seja amorosa ou fraterna), se abrem e acolhem como ninguém. Porém, em relações mais superficiais, têm a inexplicável capacidade de fazer os outros se abrirem, mas mantêm, eles mesmos, sua casca bem sólida a proteger seu frágil mundo interior.

Profissionalmente, Câncer está ligado à culinária, babás, maternidade, história, arqueologia, biologia, magistério, escrita criativa e, curiosamente, há inúmeros cancerianos no mercado financeiro, bem como na advocacia bancária e tributária – cuidar do dinheiro alheio é uma atividade que lhes atrai. Qualquer profissão em que o cuidar, seja de uma pessoa, de uma empresa ou de dinheiro, configure o coração da atividade a ser desempenhada cai bem aos cancerianos.

Por fim, vale lembrar que a carta natal como um todo deve ser analisada a fim de se verificar as nuances e os coloridos que o signo solar sofre por influência dos demais fatores do mapa.

 

 

 

A Lua

Já falamos aqui, ainda que brevemente, sobre o Sol (nossa individualidade e consciência – princípio arquétipo masculino) e o Ascendente (nossa persona ou máscara social e corpo físico).

Dessa forma, a fim de completarmos o tripé de sustentação do mapa (i.e., de nós mesmos) falta analisar a Lua.

Se o Sol está atrelado ao princípio masculino, racional e de individualidade, a Lua simboliza nosso anima ou princípio feminino, nossas reações instintivas, intuição e nossa busca por segurança e amor. Todos nós, homens ou mulheres temos uma Lua no mapa e, portanto, um arquétipo feminino com o qual precisamos lidar.

Por meio da análise da Lua (bem como de Vênus e da Casa 7 do mapa) podemos entender a maneira como o indivíduo se relaciona afetivamente.

Igualmente, a Lua simboliza a mãe que tivemos e a mãe que seremos. Nosso primeiro relacionamento afetivo na vida foi com nossa mãe e os aspectos da Lua refletem a natureza dessa relação, bem como os seus reflexos na vida adulta.

Assim, problemas afetivos e de relacionamento podem ser identificados por essa leitura e seria de grande ajuda aos psicólogos contar com a análise cuidadosa e séria de um astrólogo para diagnosticar com maior rapidez a origem de certos traumas, medos, histerias e inseguranças do indivíduo.

Em termos práticos, é possível dizer que, quando estamos nos sentindo seguros e pertencentes ao nosso meio, acabamos por externar os aspectos positivos do signo no qual nossa Lua se encontra. Por outro lado, se estamos inseguros ou nos sentindo rejeitados ou sem identificação com o entorno, então os aspectos negativos do signo em que nossa Lua se encontra serão facilmente percebidos por meio de nossas atitudes.

Por sua vez, a casa do mapa em que a Lua se encontra (lembre-se que o mapa natal possui 12 casas) nos mostra a área da vida na qual encontramos segurança. Assim, se, por exemplo, a Lua está na Casa 2 (posses materiais e relação com o mundo material, bem como valores), encontraremos um sentido de segurança na busca pelo ganho financeiro, pelo apego a bens de família e valores tradicionais.

Sendo a Lua a representante simbólica de nossa estrutura emocional, entendo que ela é um dos principais pontos do mapa, pois não há Sol bem posicionado ou promessa de sucesso suficiente que possam ser concretizadas no caso de uma estrutura emocional abalada. Portanto, tratar os eventuais problemas representados pela Lua é de suma importância.

Falando de previsão, as chamadas progressões da Lua têm a mesma simbologia da Lua no céu, que muda de figura ao refletir a luz do Sol, mas ela mesma (a Lua) não muda. Assim, as progressões da Lua indicam os ciclos de nossa vida e desenvolvimento de nossa individualidade e nossa verdade (Sol).

Consequentemente, saber lidar com a natureza lunar é compreender que a vida é feita de ciclos e que aquela abundância vivida na lua cheia teve sua fertilização na lua nova, desenvolveu-se na crescente e minguará na Lua minguante, pois nada no mundo material é eterno.

E, só para constar, a bolsa de valores é regida pela Lua. Para bom entendedor, um pingo é um “i”.

Boa semana.