Previsões Políticas Brasil

post BOla

 

Queridos leitores, o post desta semana será sobre previsões políticas. Eu não faço este tipo de previsão (meu foco é astrologia pessoal), mas o Antonio Carlos Bola Harres, astrólogo com décadas de experiência, adora escrever sobre o assunto.

Adorei o último texto dele e pedi permissão para dividir com vocês. Para quem gostar, o Facebook dele é: https://www.facebook.com/alobolaharres

Boa leitura!

Plutão culminava em Capricórnio no Meio Céu de Guarulhos em 1 vermelho, formando quadratura com Urano e Éris em Áries no Ascendente (2v) e Lilith em Libra ( 3v ) no Descendente, quando João Santana e sua companheira foram presos por motivos que todos já sabem.

Este é mais uma pegada pela qual se pode conhecer o tamanho e o peso do gigante da transformação que está se movendo, inexorável e incessantemente, no sentido de uma completa metamorfose, mudança de casca, morte e renascimento do Brasil tal até aqui o conhecemos.

Conforme já tenho dito aqui, trata-se de uma falência múltipla dos órgãos de república, para além da ideológica e de gestão, que exigirá uma reforma política radical que sepulte de vez o presidencialismo de coalizão, uma vez que a simples troca de atores não irá alterar a peça que desde 1889 se encena no palco, com um breve interregno Parlamentarista, que se não tivesse sido revogado, tendo Dilma chegado à Primeira Ministra, já teria caído da cadeira faz tempo.

Norberto Bobbio profetizou que no futuro, a democracia seria a ditadura da opinião pública, onde os governantes teriam seus mandatos não atrelados a prazos de validade fixos, mas mutáveis conforme seu poder de adaptação em dar respostas às crises, atendendo também à premissa de Darwin, sobre quem melhor sobrevive na competição pela sobrevivência e na perpetuação de seus gens.

Interessante neste mapa a presença de Lilith em Libra, refletindo com clareza a natureza desafiadora e insubmissa da Eva fora da lei, algemada, sorrindo para as câmeras, dizendo que não baixaria a cabeça, apesar de ter sido de seu próprio punho que se gerou a principal prova contra o casal.

Vejamos o que o cárcere – conforme pode-se assistir na série “Orange is the new Black” – fará com seu escárnio à honestidade dos que não se locupletam – tal Sergio Moro – nas tetas da grande porca do estado. E a contar pelos mapas astrais, ela não sairá de trás das grades tão refestelada quanto entrou: basta lembrar o que aconteceu com Maria Antonieta depois de seu deboche de sugerir ao povo faminto, que comesse brioches.

E projetando o mapa astral da prisão do marqueteiro com a do posse de Dilma, vemos a confirmação que se chegou ao núcleo onde se concebeu a vitória na reeleição, onde se sacrificou toda a verdade em nome da manutenção da faixa presidencial.

A co-incidência com o mapa astral da posse (1av), sugere a bomba relógio que explodiu, apesar dos ponteiros retardados. Tratando-se do astro associado à Escorpião, o artefato é radioativo e continuará a contaminar todo o governo, que à exemplo de Chernobyl e Fukushima, deixarão deserto da situação, o Planalto.

O ascendente junto a Urano e Éris na Casa XI da posse (2av), assinalam a gestação de descontentamento, revoluções, protestos e conflitos entre facções e fundamentalistas de todas as cores, inclusive as inspiradas no verde oliva, já que momentos de calamidade sempre podem dar chance aos salvacionistas de canalizar a insatisfação coletiva em ações radicais.

Também o Sol e Netuno em Peixes (4 violeta ) plenamente refletido e expandido pela Lua Cheia conjunção Júpiter em Virgem ( 4b) assinalam o alto impacto que esta prisão acarretará sobre a opinião pública, tornando cada vez mais impossível a negação de que o Brasil encontra-se ainda chafurdando na predação colonial, onde as entradas e as bandeiras se acham travestidas de executivo, legislativo e judiciário.

No mapa da posse, em 4a violeta, se confirma a condição crônica ( Saturno ) da crise política e de gestão ( Netuno na X ), onde o salve-se quem puder será inevitável, sem que o governo possa contar sequer com sua base política, uma vez que as ratazanas são sempre as primeiras a se evadir antes do naufrágio.

Por fim, mas não finalmente, Marte em 25 de Escorpião ( em 6 violeta ) acha-se em conjunção ao Meio Céu e quadratura ao Ascendente da da Independência; e também ao Sol da República, o marchando em direção à conjunção com Saturno e quadrado Netuno da posse, pode-se esperar por grandes fermentações no próximo mês, o que faria bem a Dilma lembrar o célebre vatícinio feito a César:

“Cuidado com os idos de março”

Aos que estranharam minha ausência, deve-se a ter mergulhado na leitura da Eneida de Virgílio, o que redundou em terrível torcicolo ao virar a cabeça de um lado para outro, acompanhando o bate bola no incessante jogo de tênis entre meus dois hemisférios cerebrais, causados pelas estrofes do bardo.

Portanto, poupem-me, pois já tenho suficiente polêmica na busca de desatar o nó górdio de verdades e mentiras que dá forma ao emaranhado de meus miolos.